sexta-feira, 1 de maio de 2015

Lenda de Siguanaba

                                                               
                                                                    Siguanaba

Lenda de Siguanaba.

Em El Salvador a lenda da Siguanaba ainda deixa muita gente assustada. Tudo começou quando Siguanaba se apaixonou pelo filho do deus asteca Tlaloc. Acontece que a moça não era muito “flor que se cheire” e tinha, inclusive, o costume de abandonar o próprio filho pequeno para se encontrar com seu amante.

Quando Tlaloc descobriu as traições da moça, lançou uma maldição contra ela, fazendo com que ela parecesse linda de longe, mas completamente assustadora de perto. O nome “Siguanaba” significa, inclusive, “mulher horrível”. Ela foi condenada também a vagar pelo mundo, à procura de novos homens para atrair.

Em El Salvador, a lenda diz que ela costuma lavar roupas no rio e procura pelo filho, a quem foi dado o privilégio da imortalidade. Além disso, ela procura se aproximar de homens infiéis ou que são conhecidos pela fama de dormir com muitas mulheres.

A assombração pode ser vista sempre que está tomando banhos de rio à luz da lua. Os homens atraídos até ela morrem, geral e literalmente, de susto. A melhor forma de se defender de Siguanaba é usar uma cruz ou algum objeto de metal enquanto se faz uma oração.