sexta-feira, 1 de maio de 2015

Lenda a cigarra


                                                                     A cigarra

A cigarra

Diz o nosso povo que a cigarra é um animalzinho amaldiçoado, pois carrega com tremenda praga. Aconteceu que estando a mãe dela gravemente doente e desacompanhada, mandou-lhe um recado para que viesse fazer-lhe companhia e servir-lhe de enfemeira. A cigarra, muito foliona que era, não se condoeu da pobre senhora e mandou dizer-lhe que não podia atendê-la, pois estava comprometida a cantar num baile. A mãe, diante da desumana resposta da filha ingrata, ajoelhou-se, pôs-se de os olhos no céu e rogou-lhe terrível praga: "Deus permita que arrebentes de tanto cantar!"

E é por isso que a cigarra tanto se estofa no canto que acaba rebentando pelas costas.