quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Lenda Urbana a Realidade


 De Lenda Urbana a Realidade.


Sabe o lance dos “pardais”. Existia um boato que eles eram colocados estrategicamente e de forma indevida para captar dinheiro para uma “Máfia”. Por anos, anos e mais anos, diziam que isso era bobagem do povo imprudente, que levava as multas e choravam para não pagar. Desde o primeiro “pardal” instalado no trânsito de Curitiba, diz a lenda urbana que, como tudo no Brasil, até para um sofisticado sistema informatizado de fiscalização “tem um jeitinho”. Quando alguém alegava que sabia das tramóias , a notícia sempre vinha do amigo do primo do vizinho e nunca ia para frente, nem era levada a sério. E a lenda urbana que os radares eram colocados para roubar de forma “legal” (um tanto contraditório mas não existe outra palavra senão roubo para essa ação descarada e sem vergonha) dos motorista que por vez só sabiam da multa quando chegava os avisos em suas casas. Lógico, a maioria da população dizia: “Isso é besteira…viu a reportagem do fulano de tal dizendo que é um esquema totalmente seguro e planejado”. Até que esses dias o Fantástico resolveu investigar e ver até que ponto existia verdade nesses boatos. E deu no que deu. O interessante das lendas urbanas são justamente isso: você nunca sabe até que ponto elas são verdadeiras e até que ponto são meros boatos. As vezes, como nesse caso, ela pode guarda muitas verdades.