sábado, 16 de março de 2013

Lenda o fazendeiro,seu filho e o pastor alemão


Diz à lenda que em uma grande fazenda morava o dono da fazenda sua esposa que estava grávida e o cachorro do fazendeiro, um Pastor Alemão. O Fazendeiro e sua esposa adoravam o animal de estimação e o consideravam como um membro da família. No dia em que deu a luz a um menino a esposa do fazendeiro veio a falecer. O fazendeiro passou a viver sozinho na fazenda com seu filho e o cachorro, todos os dias ao sair para trabalhar ele deixava o cachorro tomando conta de seu filho, pois confiava muito em seu animal e tinha o treinado muito bem, porem certa vizinha muito intrometida e fofoqueira vivia dizendo ao fazendeiro que era muito perigoso deixar um animal cuidando da criança, pois o cachorro podia muito bem atacar a criança e que seria melhor que ela fosse à babá do menino. Um dia ao voltar para casa o fazendeiro encontra no chão, marcas de sangue e desesperado corre para o quarto de seu filho e na porta do quarto vê o seu cachorro todo ensangüentado, ele não pensa duas vezes e atira no animal que morre na hora. Ao entrar no quarto ele vê uma cena impressionante. Uma onça morta ao lado do berço de seu filho e o menino dormindo são e salvo.”

Lendas urbanas, mitos urbanos ou lendas contemporâneas são pequenas histórias de caráter fabuloso ou sensacionalista, amplamente divulgadas de forma oral, por e-mails ou pela imprensa e que constituem um tipo de folclore moderno. São frequentemente narradas como sendo fatos acontecidos a um “amigo de um amigo” ou de conhecimento público.